FLAJARAGUÁ

FLAJARAGUÁ
OS 3 SORTUDOS!

terça-feira, 13 de setembro de 2016

O QUE FALAR DO FLAMENGO?

Parecia festa de título. Como aquelas que ocorrem em países europeus, quando determinado time vence um torneio nacional e pára a cidade. Parecia e pode ter sido uma farra antecipada. Na qual o torcedor pode entrar, desdenhar do adversário de amanhã à noite e fazer o seu carnaval particular. Talvez já tenha ocorrido outras vezes, talvez a nação rubro-negra já tenha invadido, não só o Santos Dumont, mas outros aeroportos e ter feito o mesmo. Mas… o que ocorreu hoje, mesmo combinado em redes sociais, impactou. Era uma tarde de terça-feira, onde a delegação do Flamengo seguiria ao aeroporto ao meio-dia, para embarcar a São Paulo, e amanhã, tentar vencer o Palmeiras e se isolar na liderança do Brasileiro. “Cuéllar e Diego fizeram expressão de espanto.” Li este comentário em um grupo de WhatsApp e o mesmo ficou na minha mente. Cuéllar, não foi o caso. Mas Diego foi recepcionado com festa menor ou parecida. E quando digo menor, arrisco dizer que tinham 5 torcedores a mais, hoje. O fato é que nem a matemática, a química, a física, explicam o que é o Flamengo. Não apenas sua torcida, que hoje, deu mais uma prova do que é capaz pelo time. Eles jogarão amanhã sem torcida na Arena Palmeiras, sem apoio físico. Mas uma minúscula parcela dos seus 40 milhões, hoje, fez questão de abandonar seus afazeres. Gente que estava em horário de trabalho ou estudo – ou até mesmo os dois juntos – e, mesmo assim, arriscou-se indo ao aeroporto, olhar nos olhos do Flamengo e dizer “Vai dar tudo certo”. Pode até não dar. O futebol é imprevisível. Podemos perder para o Palmeiras de goleada, podemos ganhar de goleada. Perder apertado ou ganhar apertado. Empatar em zero a zero, ou empatar com vários gols. Zé Ricardo pode errar numa substituição ou numa escolha, posicionamento e ver o time perder. Como também pode acertar em todas as suas decisões e sair daquela Arena com os 46 pontos, a liderança do campeonato e saber que, em vários lugares do país, terá alguém o ovacionando. São mil e uma possibilidades, vários contextos, gente que não vai dormir ansioso. Quanto a isso, o mistério existe e só saberemos amanhã quando a bola rolar. Quanto ao Flamengo… explicar mais o quê?(BLOG SER FLAMENGO)