Associado Flajaraguá participa de encontro

Associado Flajaraguá participa de encontro
Emerson Luis Nicocelli, 274 camisas em sua coleção

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Alecgol perde chance incrível e é o autor do "garrancho" de quarta-feira!

Atacante do Flamengo isola a bola, com o gol praticamente aberto, na goleada por 5 a 1 cobre a Cabofriense. Ele supera Fábio Junior, Piedrahita e o goleiro Vaná. A quarta-feira passada foi cheia de golaços e belas jogadas, mas também teve aqueles momentos desagradáveis. E quem protagonizou o pior "garrancho" da rodada, na opinião dos nossos internautas, foi o atacante Alecsandro, do Flamengo. Apesar de ter marcado um dos gols na goleada rubro-negra sobre a Cabofriense, por 5 a 1, Alecgol poderia ter feito outro. Mas pegou muito embaixo na bola e a isolou. Esse lance recebeu 65,32% dos votos. No Campeonato Mineiro, Fábio Júnior, do Guarani de Divinópolis, perdeu uma chance praticamente dentro do gol. Para completar, o time do atacante perdeu para o Cruzeiro por 3 a 1, e Fábio Júnior ficou com 19,53% das indicações. Piedrahita, do Once Caldas, ganhou a medalha de bronze com 8,42%. O chute estranho do colombiano, no empate em 1 a 1 com o Corinthians, pela Taça Libertadores, foi uma bela "garranchada". Já o mole do goleiro Vaná, do Coritiba, que contribuiu com a vitória do Foz do Iguaçu sobre o Coxa por 2 a 0, ficou com 5,72%. Por fim, Diego Siqueira, do Prudentópolis, fechou com 1,01%.(SPORTV.COM)

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Com PV e Gabriel no time titular, Fla mira confronto com Cabofriense

Dupla é escalada nas vagas de César e Nixon em coletivo no Ninho do Urubu, nesta terça. Eduardo da Silva e Alecsandro também são testados na reta final da atividade. Um Flamengo com poucas alterações entrará em campo para encarar a Cabofriense, quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Maracanã, pela quarta rodada do Campeonato Carioca. Apesar de prometer mudanças para poupar jogadores mais desgastados, Vanderlei Luxemburgo escalou o time com somente duas novidades em relação ao que venceu o Resende, no último fim de semana: Paulo Victor e Gabriel nas vagas de César e Nixon. O treinador comandou um longo coletivo no Ninho do Urubu e ainda testou, na parte final, Eduardo da Silva e Alecsandro. A atividade foi fechada para imprensa na maior parte do tempo. Ao contrário dos 30 minutos de costume, os jornalistas só puderam entrar no centro de treinamento depois de pouco mais de uma hora de trabalho. Ainda assim, foi possível perceber que a escalação do time principal tinha Paulo Victor, Pará, Wallace, Samir e Anderson Pico; Márcio Araújo, Canteros e Arthur Maia; Gabriel, Everton e Marcelo Cirino. Luxemburgo trabalhou muito lances de bola parada ofensiva, fosse jogada ensaiada ou somente posicionamento dentro da área. Nos minutos finais, Alecsandro e Eduardo da Silva substituíram Gabriel e Arthur Maia. Desta maneira, o camisa 9 atuava mais centralizado, com Marcelo Cirino aberto pela direita. Com esta formação, o coletivo durou somente cerca de 15 minutos. A volta de Paulo Victor é certa no lugar de César. Recuperado da pancada na cabeça na estreia no Carioca, diante do Macaé, o goleiro ainda carrega consigo nove pontos na testa, mas está liberado pelo departamento médico. Outra mudança certa é a saída de Nixon, que vai tirar a próxima semana para tratar as dores no tendão patelar do joelho direito que o incomodam desde a pré-temporada, em Atibaia. Gabriel é o favorito para entrar em seu lugar, até por ter as mesmas características. O meia baiano já tinha sido escalado como titular nos primeiros coletivos de 2015, no interior paulista, mas foi retirado de ação por apresentar uma fibrose na coxa direita, ainda resquício de uma lesão no fim do ano passado. Com sete pontos, o Flamengo é o vice-líder do Campeonato Carioca por levar vantagem sobre Botafogo e Vasco nos critérios de desempate. O Fluminense, com nove pontos, ocupa a primeira posição.(globoesporte.com)