FLAJARAGUÁ

FLAJARAGUÁ
OS 3 SORTUDOS!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

CAS julga caso Hernane Brocador, e Fla pode receber R$ 20 milhões!

Ação contra o Al Nassr da Arábia Saudita é de 2014, e Rubro-Negro pode ser beneficiado por conta de desvalorização do real frente ao euro. Em agosto de 2014 o Flamengo lamentou o calote sofrido quando vendeu os direitos de Hernane ao Al Nassr, da Arábia Saudita. Mas um ano e meio depois, o Rubro-Negro não deve ter motivos para reclamar da demora. Isso porque nesta quarta-feira a causa será julgada pela Corte Arbitral do Esporte (CAS), em Lausanne, na Suíça, e caso saia vencedor, o Flamengo pode receber no mínimo R$ 7 milhões a mais do que na época em que negociou o Brocador. A sessão está marcada para começar às 9h locais (6h de Brasília). Isso se dá porque o cálculo é feito em cima do câmbio do dia. Assim, quando o Flamengo vendeu Hernane para o Al Nassr, os € 4,5 milhões correspondiam a cerca de R$ 13,7 milhões. Atualmente, com a moeda brasileira desvalorizada, os mesmos € 4,5 milhões são convertidos para aproximadamente R$ 20 milhões. O Brocador retornou ao Brasil em 2015 para defender o Sport e neste ano foi contratado pelo Bahia. Além disso, caso o Al Nassr perca a ação a ser julgada nesta quarta-feira, terá de pagar uma multa contratual – cujo valor é mantido em sigilo – e 5% de juros ao ano, o que dará ao Flamengo um valor ainda mais substancial. Entretanto, o resultado do julgamento não será conhecido no mesmo dia da audiência. Hernane foi negociado com o Al Nassr em agosto de 2014, mas o Flamengo nunca recebeu o valor correspondente a essa transferência. Por isso decidiu acionar a Fifa para receber o dinheiro. Em março de 2015 a entidade deu ganho de causa ao Rubro-Negro, mas o clube saudita recorreu, e o caso foi parar nas mãos da Corte Arbitral do Esporte, que vai dar o veredicto final sobre o assunto. O advogado Marcos Motta vai defender o Flamengo no CAS.(globoesporte.com)