segunda-feira, 21 de maio de 2018

A política rubro-negra prenderá o Flamengo a 2015 até quando?

presidente Eduardo Bandeira de Mello deu uma entrevista exclusiva para o jornal O Globo nesta segunda-feira (21.05). Conheci Bandeira de Mello no fim do ano de 2012, após a impugnação de Wallim Vasconcellos. Jeito sereno e amável, sempre esboçando um sorriso ou ouvidos atentos para o que você dissesse. Era difícil não simpatizar com ele de cara.

O tempo passou e muita água virou. O presidente assumiu o clube, rompeu com os líderes da chapa azul original, que formaram a chamar chapa verde nas eleições de 2015, e passou a ter mais poder ao grupo Sócios Pelo Flamengo. "Eduardo", como é chamado pelos íntimos, segue sendo uma das melhores coisas que ocorreu ao clube. Seu nome já está marcado na história de forma positiva, mas é curioso ver como no próprio clube há quem se enxergue "traído" pelo seu envolvimento com o futebol. E é aí que me chama atenção a leitura de sua entrevista.

Bandeira de Mello deixa claro que a união do grupo original (que reuniu grandes executivos com um novo grupo de jovens associados) ainda não é uma realidade. "Sim. Vai ser formada uma chapa de situação que eu vou apoiar, que vai seguir nossos valores". Embora coloque as coisas em tornos de valores, deixa claro que há uma questão pessoal ao dizer que: "No grupo dele [ Landim, pré-candidato da situação] tem pessoas que me hostilizam abertamente. Não posso apoiar uma chapa que tem pessoas que dizem que saíram do Flamengo para não me dar um tapa na cara, que me chamam de traidor".

Aqui vale uma ressalva importante. A fragmentação daquele grupo não fez bem à instituição. Em nenhum clube do mundo você abriria mão de nomes tão consolidados no mercado como os que formaram a chapa verde. Independente de quem simpatiza com quem, quais os lados do clube, o Flamengo precisa estar acima de todos. A união seria importante.

Se por um lado, há quem cobre o presidente por esse rancor vale lembrar que integrantes da Chapa Verde seguem criticando Bandeira de Mello em redes sociais ou artigos. Ouvi de fonte próxima ao dirigente que isso manteve as muralhas da discórdia em pé. É possível minimizar isto com o fato de que Eduardo sairá no fim do ano, mas lembre-se: ele ainda é o presidente do clube. E nada impede que apoie seu candidato, com ou sem a anuência de quem o apoiou.

Profissionalismo e papo com jogadores
O presidente fala bastante sobre "sua gestão" e sobre o "vice-presidente de futebol", um cargo que pessoalmente sempre fui contrário. Confirma uma conversa com os jogadores de motivação após a demissão de Rodrigo Caetano. E aí me ocorre que originalmente, em 2012, este tipo de situação nunca foi o objetivo. A profissionalização era um mantra tão forte em 2012, que chegou a ser usado por Jorge Rodrigues, muito próximo de Patrícia Amorim na época.

Ver o Flamengo depender desse tipo de conversa para as coisas entrarem no eixo é terrível e um sinal de que o triênio fracassou em muitas etapas no futebol ainda que seja bem sucedido em outras. Bandeira se reelegeu pela imagem que consolidou no primeiro triênio. Mas quando se elegeu o discurso muitas vezes era de que seria o membro de um grupo que nenhum clube brasileiro conta.

Candidatura
O presidente se esquiva em assumir uma candidatura a algum cargo no legislativo ou executivo nos próximos meses. Pela legislação eleitoral qualquer atitude nesse sentido pode valer uma violenta multa. Será uma pena, entretanto, se ele realmente sair candidato.

Em 2012, boa parte da motivação para impedir a reeleição de Patrícia Amorim vinha justamente do uso político do clube. Seu fracasso na reeleição para vereadora foi comemorado por todas as pessoas que elegeram e apoiaram o presidente naquele ano. É triste que o ciclo se repita, ainda que ele, certamente, tenha tudo para ser um político melhor. Bandeira poderia renunciar e se candidatar ou abrir mão de uma candidatura até 2020.

2019
Independente de quem se eleger, o Flamengo precisa superar o ano de 2015, quando o grupo azul original se rompeu. Que 2018 acabe bem para o clube e que o próximo ano traga novos ventos para o Mais Querido. Nem azul e nem verde, apenas vermelho e preto.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

9 FEIJOADA FLAJARAGUÁ



Bandeira vê acordo avançado por Maraca; rescisão na Ilha prevê multa ao Flamengo!

Presidente afirma que clube busca melhor maneira de resolver questões com estádios e valoriza contas de 2017: "Maioria esmagadora dos conselheiros provou que é Flamengo de verdade". O Flamengo acerta os últimos ponteiros com o Consórcio Maracanã para levar uma proposta ao Conselho Deliberativo. Os conselheiros do clube aprovaram na noite dessa terça-feira o balanço de 2017, em continuação da reunião suspensa no último dia 27 de abril. Para o presidente Eduardo Bandeira de Mello, qualquer resultado diferente no encontro "seria absurdo". Em texto publicado no site do Flamengo, Bandeira e o vice-presidente de gabinete, Pedro Almeida, destacaram os números positivos das contas do ano passado, com arrecadação recorde (R$ 648,7 milhões) e queda de 23% do endividamento líquido (agora em R$ 334 milhões).Bandeira considera que os resultados administrativos serão alavancas para a "solução definitiva de estádio" para o clube, seja como concessionário do Maracanã ou na construção do estádio próprio. Em entrevista na saída da reunião na Gávea, Bandeira admitiu que o acordo a longo prazo com o Maracanã, revelado pelo GloboEsporte.com, está próximo.- É uma negociação que está avançando, mas qualquer coisa vai depender da aprovação do Conselho Deliberativo. Se a gente vier a assinar alguma coisa, vai ser com cláusula de eficácia. Ou seja, ele só vale com a aprovação do Conselho Deliberativo - disse Bandeira. Questionado sobre um acordo de quatro anos próximo do fim da gestão do governador Luiz Fernando Pezão, que ainda não fez a nova licitação para o estádio, e da própria administração Bandeira no Flamengo, o presidente garantiu que qualquer assinatura vai proteger o clube.. - Qualquer acordo vai ter que ser superprotegido. Nosso jurídico aqui é campeão, então vai ter todo tipo de salvaguarda para qualquer situação que acontecer no futuro. Inclusive, se for aberta nova licitação, seja no governo Pezão, seja no próximo governo, o Flamengo é candidato a ser concessionário do Maracanã - reafirmou Bandeira. O Flamengo ainda estuda o cenário. Isso por que a rescisão unilateral do contrato de três anos assinado com a Portuguesa prevê multa ao Rubro-Negro. O investimento total no estádio Luso-Brasileiro beirou os R$ 20 milhões - aos R$ 12 milhões orçados inicialmente somou-se R$ 7,5 milhões pela obra do canal fluvial que passava pela área do campo do clube da Ilha.- Isso (sair da Ilha) ainda não está resolvido. Tudo está sendo avaliado, mas tenho certeza que será resolvido da melhor maneira possível - afirmou.

Reunião com representante da oposição. Em meio ao clima político do ano eleitoral, Bandeira alfinetou, sem citar nomes, opositores que questionaram as contas na suspensão da reunião do balanço. Para ele, o encontro da última terça-feira foi "normal", comparado ao de duas semanas atrás. - Provavelmente é o melhor balanço de um clube brasileiro em todos os tempos e, talvez, da América do Sul e do hemisfério Sul. Seria um absurdo reprovar essas contas. Mas, muitas vezes, interesses políticos e até outros tipos de interesses se sobrepõem, mas a maioria esmagadora dos conselheiros provou que é Flamengo de verdade e aprovou o balanço. Com a maioria dos pares por perto na saída da reunião - o Conselho Diretor, desta vez, compareceu em peso, com os vices de futebol (Ricardo Lomba), de patrimônio (Alexandre Wrobel), entre outros -, Bandeira comentou o encontro que teve com Rodolfo Landim, cotado como candidato da Chapa Verde, que enfrentou a Chapa Azul nas últimas eleições. À época, o candidato derrotado foi o ex-aliado Wallim Vasconcellos. A conversa foi notícia na coluna "Marina Caruso" no jornal "O Globo".. - Foi uma conversa cordial. Estou sempre disposto a receber e conversar com qualquer pessoa que preencha os mínimos requisitos de educação e urbanidade, então foi conversa cordial. Agora, em momento nenhum ficou estabelecido algum tipo de apoio para a eleição, algum tipo de acordo - assegurou o presidente do Flamengo. O principal grupo de apoio a Bandeira, o SóFla, ainda se movimenta na política rubro-negra para sustentar candidatura própria, com o vice de futebol, Lomba, e o vice de gabinete, Pedro Almeida, como nomes mais destacados. Bandeira evita adiantar nomes e falar em apoio na eleição de dezembro. - Temos até setembro para lançar a chapa. Tenho certeza que será lançada uma chapa que vai garantir a continuidade dessa política. Agora, até o momento não tem absolutamente nada. Não prometi apoio a ninguém. Não tem nada de certo quanto a isso. * Gustavo Henrique é repórter da Rádio Globo

 

segunda-feira, 26 de março de 2018

Após queda brusca em número de sócios, Fla prepara alteração em planos!

As mudanças já foram definidas internamente e estão em fase final de implementação. “Nosso objetivo é que quem está há muito tempo ininterruptamente no Programa Nação Rubro-Negra ou vai a muitos jogos seja reconhecido, uma vez que apoia o clube incondicionalmente”, afirmou Daniel Orlean, vice-presidente de marketing, ao ​Globoesporte.com. “Identificamos que poderíamos melhorar a comunicação, a oferta de benefícios e a experiência dos sócios”, completou o dirigente.
Os flamenguistas citados terão prioridade na compra de ingressos. Atualmente, as vantagens são dadas através dos valores pagos mensalmente e, em muitas ocasiões, há pessoas que se associam perto de partidas importantes e, depois, não seguem contribuindo. Ainda no primeiro semestre, o Flamengo garante também a melhoria no sistema de acesso aos bilhetes. Toda a venda será feita em uma única plataforma ou aplicativo. Além disso, haverá descontos maiores em jogos de menos magnitude e um olhar todo especial para quem mora fora do Rio de Janeiro, contando, inclusive, com sorteio de viagens para partidas do Mengão.
No momento, o Fla está sem casa para jogar em função da queda das torres de iluminação da Ilha do Urubu. E este, claro, é um outro fator que gera desconforto. A tendência é de que o estádio seja liberado para o Campeonato Brasileiro, que se inicia na metade de abril. No aguardo de um lado pericial, o clube ainda não começou as obras para colocar tudo em ordem.(FlamengoRJ.blog)


segunda-feira, 12 de março de 2018

PITACOS DA SEMANA!


ASSOCIADOS E AMIGOS DA FLAJARAGUÁ

+ uma AÇÃO BENEFICENTE - menino KAUA H. KOWALSKY
ASSOCIADOS E AMIGOS DA FLAJARAGUÁ, voltando com a carga toda, este ano estamos preparando um evento sensacional, daqui a alguns dias começaremos a campanha para a nossa 9.ª FEIJOADA FLAJARAGUÁ, novamente com a política voltada u AÇÃO BENEFICENTE, este ano escolhemos o menino KAUA HENRIQUE KOWALSKY, do bairro Tres Rios do Norte, criança que não fala, não anda, e se alimenta por sonda, UMA BAITA ESCOLHA podermos ajudar mais uma criança, aguardem. A FEIJOADA BENEFICENTE será realizada no dia 09 de junho, à partir das 11 horas, na sede do Clube dos Viajantes, no bairro Amizade, e com uma baita novidade, a presença confirmada de Julio Cesar(Yrygeller), o entortador, que na década de 80, jogou o lado das feras do mengão, hoje joga no time de MASTER DO FLAMENGO, contamos com a presença de vcs. No mês de abril, abriremos as vendas dos cartões, à R$ 25,00, sendo que de cada cartão vendido, será repassado ao menino KAUA, o valor de R$ 6,00, ou seja se vendermos uns 300 cartão, exemplo R$ 1.800,00 que seria repassado para compras de leite, fraldas, etc...

16ª STAMMTISCH DE JARAGUÁ DO SUL
Já tem a data definida, será no dia 14 de julho, à partir das 10 horas, nos Pavilhões da Schuzenfest, serão comercializadas 30 vagas, para o consumo de 100 litros de chopp, caneca, camisa e petiscos, refrigerantes e água. Já está a berto, se vc quiser paragar em 4 parcelas, fique a vontade, entre em contato conosco, pelo e-mail ou pelo watts....

DIA 12 OU 13 - CHAPECÓ - CHAPECOENSE X FLAMENGO
Se tiver pessoas interessadas em ir à Chapecó, nesta data, e tiver(quorum) 15 pessoas com interesse em ver o Flamengo, já que não teremos Florianópolis, Jpoinville e nem Criciuma, estão todos nas séries B, C...então só resta irmos à Chapecó, ok galera, não esqueçam dia 12 ou 13 de maio, acho que a 5 rodada do brasileirão, que este ano começa em 14 de abril(devido a 1 mes da copa do mundo), interessados podem ir confirmando R$ 300,00.

8ª POLENTA FLAJARAGUÁ
Já temos a data de 18 de agosto, para a realização da polenta recheada com galinha caipira, será mais um evento que será BENEFICENTE, aguardando os desfechos finais, para fitura veinculação de preço e local, aguardamos com ansiedade, já que se trata de um prato típico italiano e muitos apreciam.

NOVIDADE DA 9ª FEIJOADA FLAJARAGUÁ
Para este ano, estamos trazendo o Julio Cesar(Urygeller), o entortador, tipico ponteiro esquerdo que entortava os zagueiros adversários, vamos abrilhantar este dia com muita alegria e aguardamos a presença de nossos convidados.

Atenciosamente
A Diretoria