FLAJARAGUÁ

FLAJARAGUÁ
OS 3 SORTUDOS!

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

FLAMENGO retomará obras do CENTRO DE TREINAMENGO GEORGE HELAL, até o fim de março com verba de lei de incentivo

Metade do custo da obra será bancado por Ambev, que poderá descontar quase todo o valor do pagamento de impostos. Clube inicia reforma do ginásio Cláudio Coutinho. Passado o sufoco do primeiro ano de gestão, o Flamengo começa a voltar os olhos para as reformas que ficaram paralisadas em 2013. A principal delas é a do módulo profissional do Centro de Treinamento George Helal, popularmente conhecido como Ninho do Urubu. O clube, que não obteve os recursos esperados da Prefeitura do Rio, conseguiu parte da verba com a Ambev, que já tem parceria com os rubro-negros e cuida dos gramados do CT. A empresa investirá R$ 6 milhões, através de lei de incentivo, e pagará do próprio bolso apenas R$ 1 milhão, com o restante podendo ser descontado do pagamento de ICMS da empresa - além dessas verbas o Flamengo tem um saldo, de valor não revelado, remanescente de parcerias anteriores. O plano é que as obras sejam retomadas logo após o carnaval, mas o prazo com o qual os cartolas da Gávea trabalham para o início das obras é o fim de março. A estimativa de duração do trabalho é de oito meses, mas pode se prolongar até o fim do ano. O principal, para a diretoria, é contar com as instalações para a pré-temporada de 2015. A paralisação nas obras do Ninho do Urubu completou um ano em setembro de 2013. Sem os recursos da Prefeitura, o clube levou ainda mais tempo para conseguir fechar um novo investidor. Em março do ano passado, a Prefeitura revelou, em cerimônia pelos 60 anos de Zico, que ajudaria o Rubro-Negro na conclusão das instalações. A estimativa de custo para conclusão dos módulos 16 e 17 é de R$ 12.554.803,00. A obra inclui acomodação para os atletas a instalações para o departamento médico e fisiologia. Os trabalhos atualmente são conduzidos pelo vice-presidente de patrimônio, Alexandre Wrobel, e pelo diretor executivo da pasta, Clement Izard, que inicialmente na gestão ocupou o cargo no Fla-Gávea. Além da verba da Ambev, o Flamengo terá a cessão de R$ 1,5 milhão em materiais pela Lafarge, que deverá expor sua marca de cimento, chamada "Campeão", no CT. A Ambev, fora espaço publicitário no CT, deverá receber outras propriedades, não reveladas. A verba é suficiente para iniciar as obras, mas o clube buscará o restante do dinheiro com atuais parceiros que queiram renovar e topem investir também através de lei de incentivo ou com novos investidores. Reforma de ginásio que pegou fogo já foi iniciada
Nos últimos dias, o Flamengo iniciou também a obra do ginásio Cláudio Coutinho, que pegou fogo no fim de 2012. Inicialmente, o clube fará somente uma reforma suficiente para colocar o ginásio em operação. A estimativa de conclusão desse trabalho é para o fim de abril. Antes do incêndio em novembro de 2012, o local abrigava toda a estrutura de ginástica olímpica do clube. Com a troca de gestão, a equipe de ginástica olímpica foi desfeita. Em carta aberta aos torcedores em setembro do ano passado, o presidente rubro-negro, Eduardo Bandeira de Mello, cobrou da Prefeitura o cumprimento do acordo, como descrito no trecho abaixo:
"Apenas para relembrar de todo o acordo, a ordem dos fatos a seguir: - A primeira reunião com os Clubes ocorreu em agosto de 2012, e inicialmente a proposta previa a cessão de terrenos para Vasco, Botafogo e Fluminense, mais uma ajuda de R$ 6,5 milhões para cada um. Como o Flamengo já dispunha de um terreno, receberia somente uma ajuda financeira no valor de R$ 9 milhões. O assunto ficou parado, e no início desse ano, mais precisamente no dia 15/02, a diretoria teve uma reunião com o Prefeito, quando foi informado que Vasco, Botafogo e Fluminense receberiam só o terreno e o Flamengo a quantia de R$ 5 milhões. No dia 19/03, durante a cerimônia de lançamento de um livro em homenagem ao Zico, o Prefeito anunciou publicamente a liberação dos referidos R$ 5 milhões para o Flamengo. Esta noticia foi amplamente divulgada pela assessoria da Prefeitura. No dia 20/03, foi publicado no D.O. (abaixo) a cessão do terreno em favor do Fluminense (terreno avaliado am aprox. R$ 38 milhões). No dia 02/04, foi publicado no D.O. (abaixo) a cessão dos terrenos em favor do Botafogo e Vasco. No mês de julho do ano corrente, a diretoria do Flamengo teve mais uma reunião com o Prefeito, oportunidade em que foi reiterada a promessa da liberação imediata dos recursos. Desde então todos os documentos solicitados pela Prefeitura foram prontamente entregues pelo Flamengo. Até hoje, apesar dos constantes contatos, o CRF não foi contemplado com absolutamente nada".(globoesporte.com)

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Atrás de atuação convincente, Fla encara Friburguense fora de casa

Após empate frustrante com Duque de Caxias, Jayme mantém time da Libertadores para buscar vitória no Campeonato Carioca contra rival que perdeu de seis do Vasco. Uma segunda chance de apresentar o cartão de visitas para o torcedor. Assim o Flamengo encara o confronto com o Friburguense, nesta quarta-feira, às 17h (de Brasília), em Nova Friburgo, pela quarta rodada da Taça Guanabara. Depois de estrear o time da Libertadores com um decepcionante 2 a 2 com o Duque de Caixas no último sábado – com direito a vaias –, Jayme de Almeida mandará a campo o que tem de melhor à disposição por uma exibição convincente no estádio Eduardo Guinle, onde o Rubro-Negro não atua há quase sete anos. A última visita aconteceu em 1º de abril de 2007, com vitória por 2 a 1 sobre os donos da casa: gols de Leonardo e Léo Medeiros. Com sete pontos – seis deles conquistados pelos reservas –, o Fla é o vice-líder do Carioca e entra em campo pensando em acumular gordura para poder voltar a poupar após o começo da Libertadores, dia 12 de fevereiro, contra o León, no México. Para partida desta quarta, Jayme ainda não tem todos os reforços à disposição. O lateral Léo, regularizado, é a cara nova, mas Everton, Erazo e Lucas Mugni ainda aguardam. O árbitro escalado para o jogo é Grazianni Maciel Rocha, auxiliado por Eduardo de Souza Couto e Gabriel Conti Viana. O jogo será transmitido ao vivo pelo PremiereFC 1 e PFC Internacional. ESCALAÇÕES DAS EQUIPES: Friburguense: apesar da tarde infeliz do último domingo, o técnico Gerson Andreotti confia na sequência da equipe titular. Sem promover nenhuma alteração de ordem técnica, o Friburguense vai a campo com Afonso, Sergio Gomes, Cadão, Bruno Leal e Flavinho; Zé Victor (Bidu), Lucas, Marcelo e Jorge Luiz; Ziquinha e Rômulo. Flamengo: Jayme de Almeida repetirá a escalação que iniciou o empate em 2 a 2 com o Duque de Caxias, sábado, no Maracanã. Apesar da boa participação, Alecsandro e Gabriel, autores dos gols, voltam para o banco, e o Fla vai para campo com Felipe, Léo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Amaral, Muralha, Elano e Carlos Eduardo; Paulinho e Hernane. globoesporte.com