A MARCA MAIS VALIOSA DO PAÍS

A MARCA MAIS VALIOSA DO PAÍS
encontro das embaixadas na gávea!

sábado, 31 de janeiro de 2015

Em meio a polêmicas, Flamengo inicia defesa do título diante do Macaé

Em queda de braço com a Ferj por conta do preço dos ingressos, Rubro-Negro estreia no Carioca após veto do rival para treinamento no estádio Cláudio Moacyr. Rodeado de polêmicas fora de campo, vai começar o Campeonato Carioca. Atual campeão, o Flamengo encara o Macaé, nesta sábado, às 19h30m (de Brasília), no estádio Cláudio Moacyr, querendo mostrar força, apesar da insatisfação com a organização da competição. Liderando, ao lado do Fluminense, um movimento contra a Federação, por conta da redução do preço dos ingressos, o Rubro-Negro ficou revoltado também com a proibição do treinamento de sexta-feira no palco da partida. O duelo contra o campeão brasileiro da Série C promete acontecer em clima quente. Todo alvoroço fora de campo, entretanto, muda de figura quando os questionamentos são a respeito do que acontece dentro das quatro linhas. Com a base do título do ano passado e da fuga da confusão no Brasileirão mantida, o Fla demonstrou força na pré-temporada, foi campeão do torneio de verão de Manaus, despachando Vasco e São Paulo, e começa o Carioca em alta. Vanderlei Luxemburgo repetirá pela terceira vez o time titular, com Arthur Maia e Marcelo Cirino como caras novas, e aposta muito no 4-3-3 pautado na velocidade e mudança de direção que implantou neste início de 2015. Gabriel, Eduardo da Silva, Paulinho e o volante Jonas são as únicas ausências nesta primeira rodada. Atual campeão da Série C do Brasileiro, o Macaé quer usar o Carioca como uma espécie de preparação para a disputa da Série B e enxerga o duelo contra o Flamengo como providencial para este propósito. O técnico Josué Teixeira quer aproveitar o embalo da conquista recente para poder surpreender. Torcida contra, a equipe já provou não temer - no ano passado, eliminou o Fortaleza diante de 63 mil torcedores no Castelão. O time, no entanto, acabou sofrendo baixas que podem fazer falta. Principalmente a do meia Eberson, que não teve sua situação regularizada a tempo e está fora da partida - o lateral-direito Max e o zagueiro Brinner seguem o mesmo exemplo. Com um gancho de três partidas por causa de expulsão na Copa Rio do ano passado, o meia-atacante Fernando Santos completa a lista de desfalques. Rodrigo Cavalhares de Miranda apita o confronto, auxiliado por Rodrigo Pereira Joia e Daniel de Oliveira Alves Pereira. O jogo será transmitido com exclusividade por SporTV, PFCI e Premiere, e o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real, com vídeos. Após a partida, participe da cobertura comentando a atuação da equipe rubro-negra na página do seu clube de coração. ESCALAÇÃO DAS EQUIPES: Macaé: As novidades ficam com o meia Aloísio e o atacante Giancarlo. O primeiro entra na vaga de Eberson, e o segundo acabou tomando o lugar de Pedro Oldoni, que vinha sendo utilizado na equipe titular durante a pré-temporada. O time vai a campo com Ricardo Berna, Douglas Assis, Filipe Machado, Diego, Dos Santos, Gedeil, Alisson, Aloísio, Juninho, Pipico e Giancarlo. Flamengo: satisfeito com a evolução apresentada nos três amistosos no início da temporada e, principalmente, a atuação sólida na vitória do último domingo, diante do São Paulo, Vanderlei Luxemburgo manda para campo o Flamengo com Paulo Victor, Léo Moura, Wallace, Samir e Anderson Pico; Cáceres, Canteros e Arthur Maia; Nixon, Everton e Marcelo Cirino. Este último, principal reforço para 2015, é a aposta de Luxa como homem de área, mas tem a missão de abrir espaços para os jogadores de lado de campo e Arthur Maia. Já a linha defensiva e a dupla de volantes é toda mantida de 2.(GLOBOESPORTE.COM)

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

FLAMENGO TEM LUCRO RECORDE EM 2014!

Dentro de campo, o Flamengo não foi exatamente um sucesso em 2014 — terminou o Campeonato Brasileiro num medíocre décimo lugar. Mas as finanças do clube, administrado desde 2013 por um grupo de executivos, começam a dar alegrias. Depois de oito anos no prejuízo, o Flamengo se prepara para anunciar um lucro de cerca de 70 milhões de reais em 2014. É o melhor resultado da história do futebol brasileiro, superando os 63 milhões de reais que o Santos lucrou em 2005. O faturamento cresceu 17%, para estimados 320 milhões de reais, e os custos caíram cerca de 10%. O Flamengo informa que não pode comentar até a divulgação do balanço.(EXAME.COM)

Guia do Carioca: clubes grandes em equilíbrio e ingressos mais baratos

Após quase um mês de pré-temporada, novidade na temporada do futebol nacional, 16 clubes começam a briga pelo título estadual. Fórmula do ano passado é mantida. Mais tarde do que o habitual, o Campeonato Carioca enfim começa neste sábado, após as equipes terem tido quase um mês para a pré-temporada – medida que acabou beneficiando principalmente os clubes de maior expressão, cujos jogadores normalmente entram de férias mais tarde ao fim da temporada. Com turno único e 16 equipes participantes, a fórmula do ano passado foi mantida. A competição tem início com Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco grandes em momentos parecidos. Nenhum deles terá de conciliar o estadual com a Libertadores, já que os cariocas não conseguiram a classificação no ano passado. o Rubro-Negro e o Tricolor mantiveram seus técnicos, Vanderlei Luxemburgo e Cristóvão Borges, respectivamente, mas o primeiro foi o que melhor preservou sua base. O segundo, que inicia um estadual sem a parceria com a Unimed pela primeira vez após 15 anos, perdeu alguns nomes importantes, como o ídolo Conca, que voltou para a China. Já os clubes menores chegam à edição de 2015 com o objetivo de voltar a incomodar os grandes. Para ajudar nessa luta, Bangu, Macaé, Volta Redonda e Tigres poderão mandar todos os jogos, inclusive contra os grandes, em seus estádios. O Macaé chega embalado pelo título da Série C do Brasileirão, consequentemente pela inédita vaga na Segunda Divisão nacional. A maior parte desses clubes aposta na mescla entre novatos e veteranos, e alguns deles contam com nomes conhecidos do público carioca, como Almir, do Bangu; Erick Flores, do Boavista; Ricardo Berna e Pipico, do Macaé; Camacho e Thiago Galhardo, do Madureira; e Fabiano Oliveira, do Tigres, entre outros. As novidades de 2015 são o Barra Mansa, que estreia na elite, e o Tigres. Ambos garantiram acesso no ano passado. Para os torcedores, a novidade fica por conta de um acordo entre a Federação e os clubes definindo que todas as partidas do campeonato tenham apenas ingressos a preços promocionais. E foi uma novidade polêmica. A medida não agradou a Flamengo e Fluminense, que se manifestaram contra a decisão, e às vésperas de a bola rolar o governo estadual passou a cogitar uma interferência no imbróglio. Entre os campeões, o Flamengo, atual detentor da taça, lidera com 33 títulos, seguido por Fluminense (31), Vasco (22) e Botafogo (20), além de América (7), Bangu (2), Paissandu (1) e São Cristóvão (1).(GLOBOESPORTE.COM)

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Flamengo fez virada histórica em 2014, segundo estudo financeiro!

Bandeira de Mello já tem um marco em sua gestão. O consultor de marketing esportivo, Amir Somoggi, publicou no início desta semana uma análise detalhada sobre a gestão financeira do Flamengo nas últimas 12 temporadas. O documento é uma forte mensagem aos críticos da atual gestão rubro-negra: depois de oito anos consecutivos de déficit, em 2014 o clube teve superávit, numa virada que pode ser histórica. Considerando as 12 temporadas do estudo, apenas uma outra vez ocorreu a mesma situação - de superávit. Destaque para 2005, durante gestão Marcio Braga. Naquele período, no entanto, o faturamento foi pequeno para os padrões do Flamengo: R$ 2 milhões. Isso reforça ainda mais os indícios de virada histórica no Fla, considerando que o superávit dos nove primeiros meses de 2014 bateu R$ 53 milhões. Em entrevista ao jornal O Globo, Amir Somoggi fez uma projeção ainda mais otimista: - É bem provável que, em pouco tempo, o Flamengo volte a ser o time com maior receita do Brasil, como já foi no passado. Em 2013, esse posto foi do São Paulo, porque vendeu o Lucas por R$ 115 milhões. Sem considerar venda de jogadores, o Flamengo já é o líder em receita. Entre as demais informações a destacar, o estudo de Somoggi concluiu prejuízo acumulado de R$ 243 milhões entre 2003 e 2013. Além disso, mesmo com os bons números de 2014, os gastos são elevados com o departamento de futebol - em torno de R$ 180 milhões em 2013, primeiro ano da gestão Bandeira de Mello.(lancenet)

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Flamengo se impõe, vence São Paulo e fatura o título do Torneio de Manaus

Rubro-Negro domina o jogo no segundo tempo e derrota o Tricolor paulista por 1 a 0, com belo gol do zagueiro Samir. A taça vai para a Gávea. Com um gol de Samir aos 32 minutos do segundo tempo, o Flamengo, superior em campo, derrotou o São Paulo por 1 a 0, na tarde deste domingo, na Arena Amazônia, e ficou com o título do Torneio de Manaus. A competição também contou com a participação do Vasco, que perdeu seus dois jogos e foi o lanterna. O time carioca foi mais perigoso durante boa parte do confronto, principalmente no segundo tempo, quando criou boas chances. O São Paulo, que teve menos tempo de descanso para a partida, já que derrotou o Vasco por 2 a 1 na última sexta-feira, deu claros sinais de desgaste. A equipe rubro-negra havia jogado na quarta-feira passada, quando também venceu o Cruz-Maltino, por 1 a 0. O destaque da partida neste domingo foi o volante Luiz Antonio, que entrou apenas aos 27 do segundo tempo, na vaga de Everton. O meio-campista foi o reponsável pelo cruzamento na medida para o zagueiro Samir, que surpreendeu a defesa são-paulina ao aparecer na área, e teve duas boas oportunidades para marcar. Agora, os dois times começam a se preparar para a estreia em seus respectivos estaduais. No sábado, o Flamengo disputa a primeira rodada do Carioca diante do Macaé, às 19h30, no estádio Moacyrzão. Um dia depois, o São Paulo enfrenta a Penapolense pelo Paulista, às 17h, no estádio Tenente Carriço. Primeiro tempo. Foi um primeiro tempo em que o São Paulo teve mais posse de bola, mas foi pouco objetivo. Embora trocando muitos passes no meio-campo, faltou ao time tricolor velocidade na hora de agredir o Flamengo. Velocidade essa que não faltava ao time rubro-negro, mas muitas vezes a equipe carioca mostrou sentir falta de um jogador de referência na frente, com seus atacantes não conseguindo preencher esse espaço. Marcelo foi quem mais tentou fazer a função, com pouco êxito. Diante do equilíbrio, cada time teve apenas uma grande chance na etapa. Aos 18, Arthur Maia fez linda jogada, driblou Edson Silva e Souza e entrou cara a cara com Rogério Ceni. No entanto, telegrafou a conclusão, bem defendida pelo arqueiro são-paulino, que evitou um golaço. Aos 43, após bobeada de Cáceres, Thiago Mendes entrou livre na frente de Paulo Victor, mas bateu para fora a melhor oportunidade paulista. Segundo tempo. O São Paulo voltou com três alterações do intervalo: saíram Luis Fabiano, Reinaldo e Souza, entrando, respectivamente, Alan Kardec, Carlinhos e Denilson. Mesmo com as mudanças, o Tricolor paulista não conseguiu manter o ritmo da etapa inicial e foi dominado. Coube ao Flamengo se impor e criar as melhores oportunidades. Nixon, Marcelo Cirino e Luiz Antonio perderam algumas delas. O gol só veio aos 32, quando as duas equipes já estavam bastante modificadas. O torneio permitia seis substituições por time. Luiz Antonio recebeu a bola na ponta direita e, quase em cima da linha, deu lindo drible em um marcador, chegando ao fundo. O cruzamento foi perfeito para Samir, que pegou de primeira e marcou lindo gol. Depois, com espaço para o contra-ataque, o Flamengo continuou levando perigo. Canteros perdeu a melhor oportunidade aos 45, chutando para fora. O São Paulo assustou apenas aos 47, em chute de Pato que passou raspando a trave de Paulo Victor.(globoesporte.com)